sexta-feira, 9 de outubro de 2009

District 9

Críticos servem apenas para encher o saco mesmo. A cada dia que passo acredito que os veículos de comunicação quando pretendem comentar qualquer obra que seja, cinema, livro , música, shows, etc deveriam apenas esmiuçar os detalhes (técnicos e artísticos) sem expressar o gosto pessoal do indivíduo que está escrevendo a resenha ou o que seja. Cada vez mais vejo pseudo-jornalistas ganharem títulos de formadores de opinião, sem nem mesmo ter uma própria. Recentemente li uma crítica sobre o filme District 9, onde não sobraram pedras para o filme. E o mais engraçado que a pessoa que malhou o filme, chamando-o inclusive de infantil, faz parte do mesmo time que elogiou e deu quatro ovos ou estrelas, sei lá para o filme GI Joe, que não é excelente, é apenas legal.

District 9 é muito mais filme que qualquer coisa do tipo, mas quando esses pseudo-jornalistas encontram um filme mais elaborado, pensam que devem atacar com “sérias críticas” para que os pobres leigos leitores de seus veículos os achem o máximo. “Nossa que cara inteligente, esse fulano de tal!!!”

E o que acontece? O idiota que se prestou a ler a crítica deixa se levar pela opinião pessoal do “crítico” e perde a oportunidade de conferir algo legal.

Distric 9 é sensacional, que apesar de ser uma ficção, tem seu fundo de verdade, baseado no preconceito humano. O mesmo preconceito que certos críticos tem ao aplicarem seus gostos pessoais acima da importância da obra.

Não vou aqui falar sobre o filme, porque prefiro que você assista e tire suas conclusões. Apenas recomendo. Alías nesse blog eu só falo de algo que curti, mas não tento enfiar pela goela de ninguém o meu gosto. E se não gosto de algo, não comento nada, pois sempre tem gente que pode apreciar aquilo que eu estaria falando mal, apenas porque não gosto.

Esses críticos são os mesmos que antes sofriam do mal do nerdismo e agora acreditam que atingiram o nirvana e se acham senhores da verdade, daqui a pouco estão fazendo comédia stand up, pois já virou moda agora ser comediante de stand up. “O que você faz? Ah... eu sou jornalista, desenhista, professor de artes, roteirista do Zorra Total e apresento um show de stand up toda quarta-feira” Faça me o favor.... parei aqui.

Agora a última ,mas antes, tem alguém de Cincinnatti, Ohio aqui na platéia?

2 comentários:

Anônimo disse...

Criticos! Matem todos!.... Assisti Distrito 9 e é fantástico!!! Tenente Aldo deveria fazer a suastica em todos os criticos! kkkkkkkkk!
Cena que eu mais gostei do filme?:"A Festinha de aniversário" Brilhante!!! Brilhante!!! que filme!!! que filme!!!
Abração
Adriano

M. disse...

"E se não gosto de algo, não comento nada, pois sempre tem gente que pode apreciar aquilo [de] que eu estaria falando mal, apenas porque não gosto."

Poxa vida, por um instante eu pensei em não comentar. Mas porque meu critério de participação é distinto, ou seja, se eu não gostei de algo (como desse blog, por exemplo) é mais provável que eu comente.
Não se sinta ofendido por eu não ter gostado, mas aprecie que ao que você escreveu eu não fui indiferente.

(...)

Por que ler a crítica 'antes' de ver determinada obra? Não responderia, de imediato, que a tal ação se reservam os idiotas, mas se a fonte for suficiente para a decisão de conferir ou não, concordo: idiotas.

(...)

Procure e não achei:
[d]"O que EU mais gostei em 2009 - LITERATURA"

(...)

Bacana a atitute da Empire aos 20 anos.

doktorlakra